Eleição 2022 é hora de avaliar a mudança para o país

voto

Carta aos Profissionais do Ensino Privado do Mato Grosso do Sul,

Amigos professores(as), técnicos(as), administrativos(as) e auxiliares administrativos e instituições do ensino privado do Mato Grosso do Sul

Mais uma vez, a sociedade brasileira participará do processo democrático que é eleger um presidente da república, bem como senadores e deputados estaduais e federais. Os cidadãos bem sabem que nestas eleições, o momento é de muita preocupação com o futuro do país. É visível o embate político e a divisão da preferência da maior parte da população por dois candidatos à presidência da república.

Diante deste clima que até mesmo pode ser descrito como de tensão, o Sintrae-MS avaliou se divulgaria ou não um posicionamento acerca de análise de um melhor candidato para a categoria.

Após debates e reflexões junto a representantes de instituições dos trabalhadores do setor privado de todo país, avaliamos que sim, é mais que preciso, é emergencial que o sindicato se posicione e tenha esse diálogo com a categoria.

Destacamos que nosso posicionamento é a favor dos trabalhadores que nos últimos anos tem sofrido com os amargos reflexos da Reforma Trabalhista. É fato que a atual gestão que governa nosso país enfraqueceu a educação, com cortes de orçamentos de universidades e constante mudança de ministros da educação deixaram nosso segmento desamparado.

A extinção do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), que, desde o ano de 1930, representava a garantia de fiscalização do cumprimento dos direitos trabalhistas e das normas de saúde e segurança do trabalho, foi uma grande prova de que os trabalhadores não seriam prioridade no atual governo.

Quanto aos salários, nunca tivemos tantas perdas, como nos último quatro anos. Diante do cenário de crise na economia e crise sanitária da saúde em decorrência da Covid-19, os trabalhadores foram quem mais sofreram, O salário mínimo não teve reajuste real enquanto as cestas básicas mais que dobraram. A vida ficou mais difícil.

Destacamos que é preciso que você, trabalhador, decida seu voto com muita cautela. Pois o futuro do país será decidido com nossos votos.

Relembramos que no governo do atual candidato Luiz Inácio Lula da Silva, Lula, a área da educação foi destaque. Com investimentos, construção de universidades, reajustes reais nos salários mínimos que tiveram reflexos nas remunerações. A diversidade social e políticas para o acesso à educação foram amplamente abordadas e a categoria da educação foi respeitada. Com isso, os trabalhadores tiveram melhor condições de trabalho.

Para contribuir com os eleitores do setor privado de ensino, divulgamos abaixo um comparativo elaborado pelo coordenador geral da Contee (Confederação Nacional dos Trabalhadores), Gilson Luiz Reis, com ações dos últimos mandatos dos presidentes da república que governaram o Brasil:

Durante os governos de Lula e de Dilma, de 2003 a 2016:

1) o salário-mínimo, que é referência para mais de 50 milhões de trabalhadores/as, foi valorizado em 77% acima da inflação. Se não fosse essa valorização, em 2022, seu valor seria de apenas de R$ 684, e não de R$ 1.212;

2) foram criadas 18 universidades federais e 173 campi universitários, para dar oportunidade aos/às filhos/as dos/as trabalhadores/as. Além disso, foram implantadas 360 unidades de institutos federais de educação, com a mesma finalidade;

3) a liberdade de aprender, ensinar e divulgar a ciência e o saber e o pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas ganharam foro nunca visto, sendo integralmente respeitados graças à valorização do salário-mínimo e aos programas sociais;

4) o respeito à diversidade social, cultural, étnica e religiosa, a tolerância e a busca da paz foram incentivados e alçados a patamares elevados;

5) graças à valorização do salário-mínimo, que se traduz em inclusão social, e à multiplicação e fortalecimento dos programas sociais, reconhecidos mundialmente, o Brasil foi, em 2014, excluído do mapa da fome pela ONU, uma vez que a fome foi varrida do País;

6) foram mantidos os principais direitos previdenciários, que representam a maior e mais ampla política de inclusão social.

No governo Bolsonaro, prestes a completar 4 anos, não há registro de uma única medida que seja em prol dos/as trabalhadores/as. Ao contrário, todas as medidas por ele tomadas foram contra o Brasil e seu povo trabalhador. Para que não haja dúvidas sobre isso, basta que listemos algumas delas:

1) seu primeiro ato, ao 1º de janeiro de 2019, quando tomou posse, foi extinguir o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), que, desde o ano de 1930, representava a garantia de fiscalização do cumprimento dos direitos trabalhistas e das normas de saúde e segurança do trabalho. E Bolsonaro fez isso como que para dizer às empresas que, em seu governo, elas teriam ampla liberdade para explorar seus/suas trabalhadores/as e para rasgar as normas de saúde e segurança do trabalho;

2) não houve um centavo sequer de valorização do salário-mínimo. Sua correção deu-se apenas pela inflação;

3) graças às medidas de arrocho salarial, de redução dos programas sociais, de desemprego e informalidade crescente e de perda do valor real da renda, segundo recente relatório da Rede Penssan (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional), há 33 milhões de brasileiros/as passando fome. Isto é, não têm o que comer. Além disso, mais da metade da população, nada menos que 125 milhões, sofre com falta de comida;

4) a liberdade de aprender, ensinar e divulgar a ciência e o saber e o pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas foram convertidos em crimes, como fazem provas as inúmeras leis que criam a nebulosa e retrógrada escola sem partido, apesar de o STF tê-la declarado atentatória aos fundamentos e garantias constitucionais, na ação direta de inconstitucionalidade (ADI) 5573, ajuizada pela Contee contra lei do estado de Alagoas. Bem assim, as dezenas de leis que proíbem o uso da linguagem neutra, igualmente considera inconstitucional pelo STF, por meio de liminar concedida na ADI 7103, também ajuizada pela Contee, contra lei do estado de Rondônia;

5) a intolerância à diversidade social, política, cultural, étnica e de gêneros é incentivada e aplaudida até mesmo pelo presidente da República;

6) o ensino domiciliar, que não é direito público subjetivo pelo STF no RE (recurso extraordinário) N. 888815, e que exclui impiedosamente os/as filhos/as dos/as trabalhadores/as, tornou-se prioridade;

7) os direitos previdenciários foram dizimados, sepultando a justa e necessária expectativa dos jovens de um dia aposentarem-se;

8) criou-se apenas uma universidade pública, em SC, em 2019, e o projeto que a criou não foi de Bolsonaro, mas, sim, do governo Dilma.

Destaco que nosso objetivo não é atacar ou criticar o eleitor, tampouco tentar obriga-lo(a) a votar no candidato que definimos como o melhor para nossa categoria e trabalhadores em geral. Apenas uma reflexão, para que no dia 02 de outubro esteja seguro(a) de sua decisão.

Atenciosamente,

Professor Ricardo Fróes, presidente da Federação Interestadual dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino nos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) e presidente do SINTRAE-MS(Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino do Mato Grosso do Sul)

Convênio: Plano de Saúde com até 30% de desconto na taxa de adesão

C O N V  N I O

Você sabia que os associados SINTRAE-MS contam com valor diferenciado para adesão no Grupo São Francisco? Os professores, auxiliares e assistentes administrativos, filiados ao sindicato, contam com assistência médica e odontológica com tabelas diferenciadas no mercado.

A novidade é que o Grupo São Francisco agora faz parte do grupo HapVida, empresa que conta com mais de 37 mil colaboradores e rede credenciada de colaboradores na área médica e odontológica com atuação em todo o Brasil.

O plano atende tantos os associados como os dependentes legais. Quem se interessar, pode solicitar reunião com representantes do Grupo São Francisco em local que melhor se adeque à sua rotina. O plano de saúde oferece ampla rede própria e credenciada de profissionais e serviços, hospitais, clínicas, laboratórios, entre outros.

O atendimento é multirregional, o plano conta com clínicas próprias e possibilita acesso aos consultórios particulares dos médicos credenciados em diversas especialidades. Além disso, oferece atendimentos laboratoriais, pronto atendimentos emergenciais, cobertura de ultrassonografias, ressonâncias entre outros, principalmente, atendimento de urgência e emergência em hospitais referências em todo Estado.

O setor odontológico oferece mais de 5000 opções de atendimentos, com agendamento direto nos consultórios dos dentistas credenciados.

Tem Interesse ou dúvidas? Ligue para: 67 9 9938-7338 e fale diretamente com representantes.

Vaga em Comissão

convite comissao

O SINTRAE-MS convida profissionais aposentados do ensino privado que tenham interesse em participar da Comissão Julgadora de concurso para escolha do “Mascote da Educação Fiscal do Mato Grosso do Sul”.

O concurso é de âmbito Estadual, aberto a toda sociedade civil do Mato Grosso do Sul, serão duas categorias: ‘Estudante’ - a partir de 13 anos e ‘Sociedade Civil’ a partir de 17 anos. O objetivo é criar a imagem visual da Educação Fiscal de Mato Grosso do Sul, expressos por meio de Desenho à Mão Livre e Desenho Digital, ambos com Slogan, de autoria própria, que apresentem caráter original e inédito. As ideias vencedoras renderão ao autor o prêmio de um Macbook.

Comissão Julgadora

A função da Comissão Julgadora será avaliar os trabalhos inscritos e classificá-los para serem apresentados em votação pública on-line. Ao SINTRAE-MS foi oferecida uma vaga na comissão, sendo que a participação deve ser voluntária.

O concurso é uma iniciativa das secretarias de Estado de Fazenda – SEFAZ/MS e de Educação – SED/MS, por meio da Unidade de Educação Fiscal – UNEDF e demais parceiros.

SE TIVER INTERESSE EM PARTICIPAR, COMUNIQUE O QUANTO ANTES AO SINTRAE-MS: 99251-0028

Parceria Firmada!

CONVITE

O SIntrae-MS firmou parceria com o maior clube de compras do Brasil, Sam´s Clube, que oferece aos seus nossos sócios produtos exclusivos e importados de grandes marcas, bem como produtos para o dia a dia. O Clube é reconhecido pelo o conceito de economia de escala e curadoria ativa na escolha do sortimento oferecido aos sócios.

Os filiados do Sintrae-MS, contam com desconto na primeira anuidade no valor de R$ 10,00 (dez reais), 13%, e a possibilidade de incluir um segundo familiar como dependente sem nenhum custo adicional. Atualmente a anuidade é de 75 reais, com o desconto os filiados Sintrae-MS pagam 65 reais, uma única vez ao ano. Para obter o desconto, basta apresentar a declaração de filiado (solicite pelo whatsapp do SIntrae-MS 9 9251-0028) no ato da associação ao Clube.

A parceria também inclui o Clube de Benefícios que oferecem muitos outros descontos para quem é associado Sam's Club, como hotéis, resorts, restaurantes, locadoras de veículos, pet shops, entre outros.

Sam´s Clube Campo Grande

Localizado na Avenida Mato Grosso, com enorme espaço físico, trabalha com milhares de ítens itens entre produtos exclusivos e importados nos segmentos de alimentos, bebidas, higiene e cuidados pessoais, limpeza, bomboniere, decoração e tecnologia.

Com mais de dois milhões de sócios no Brasil, o Sam’s Club atua em sinergia com o time global da marca para levar aos sócios de cada país os mesmos produtos oferecidos em outras partes do mundo. Desta forma, a empresa tem um poder maior de negociação com os seus fornecedores globais e por isso consegue oferecer produtos diferenciados e a preços competitivos em suas lojas.

Deseja associar-se ao Clube, mas não está com tempo para ir à loja física? Mande mensagem pelo whats: 67 99331-5207

 

Após respaldo do Sintrae-MS professora de Campo Grande recebe multa por atraso em rescisão de trabalho

duvidas

Você sabia que o SINTRAE-MS atende os associados de segunda a sexta, no período vespertino? Tanto presencialmente como virtualmente. Por isso, se você tiver dúvidas no âmbito trabalhista ou até mesmo denúncias sobre irregularidades no ambiente de trabalho, procure o sindicato. O presidente professor Ricardo Fróes e diretor professor Eduardo Botelho estão na sede administrativa para auxiliá-los.

No mês de maio, por exemplo, a diretoria intermediou uma situação com desfecho favorável a trabalhadora de uma escola da capital. A rescisão contratual da profissional foi efetuada fora do prazo mas a escola não cumpriu o pagamento da multa, conforme prevê a legislação. Tão logo a informação chegou, o SINTRAE-MS intermediou, cobrou a escola e rapidamente a trabalhadora recebeu o valor devido.

Associado(a), não fique com dúvidas, você tem um sindicato que o representa.

O SINTRAE-MS está aqui por você. Se ainda não é associado(a), filie-se e fortaleça a categoria.

Convenção Coletiva de Trabalho firmada!

 SINTRAE

No 26 de abril, o SINTRAE-MS (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino do MS) e SINEPE-MS (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do MS) firmaram a Convenção Coletiva de Trabalho 2022/2023. O reajuste linear conquistado foi de 8%. Já para os profissionais que recebem conforme o Piso Salarial, o reajuste será de 10,8%. Haverá parcelamento conforme abaixo:

Reajuste Linear

Para todos profissionais, incluindo Pisos Fundamental II, Médio, Cursos Livres e Superior: Reajuste de 8%, sendo: 5% retroativo a março e 3% em setembro.

Pisos Salariais

*A e B (Educação infantil e fundamental I) reajuste de 10,8%, sendo:

-5% retroativo a março, 3% em setembro + 2,8% em janeiro de 2023

*G, H e I: (Auxiliar Administrativo, Aux. Docente e Serviços Gerais) reajuste de 10,8%, sendo:

-Retroativo a Março (sem parcelamento)

Justiça

O presidente do SINTRAE-MS, professor Ricardo Fróes destaca que neste ano as negociações foram marcadas por impasse. “Nossa diretoria foi enérgica, garantimos o reajuste de 8% diante de muita firmeza e rejeitamos propostas que rebaixavam nossa categoria. Buscamos a justiça do trabalho para assegurar a data-base que os patronais negaram-se a assinar, ou seja, conquistamos a vitória judicial que foi muito importante porque sem esse benefício não teríamos a retroatividade nos reajustes.

Participe

O SINTRAE-MS mais uma vez destaca que é preciso mobilizar. “Conclamamos aos trabalhadores que desde já comecemos a nos preparar para a nossa próxima Campanha Salarial, precisamos de participação, da voz de cada trabalhador e trabalhadora, para isso envie mensagens, visite nossa sede e participe dos nossos chamados para Assembleias. Nossa diretoria é ativa, combatemos firme por melhorias, mas, juntos, nossa força é muito maior”, destaca Ricardo Fróes.

 

Verão 2018

Neste verão, venha para o Clube de Campo do Sintrae-MS

O Clube de Campo do Sintrae-MS está preparado para receber os associados. Com piscinas, quadra de areia, quiosques com churrasqueiras, campos de futebol  e salões para eventos, o espaço é totalmente adequado para receber os associados do sindicato e seus familiares.

Atualize sua carteira de associado para utilizar o Clube

O SINTRAE-MS divulgou, no primeiro semestre, alterações para manutenção do Clube de Campo. “Com a Reforma Trabalhista, que retirou a obrigatoriedade da Contribuição sindical, principal forma de sobrevivência do sindicato, a receita diminuiu mais de 60%, desta forma, para manter o funcionamento e a qualidade do Clube o SINTRAE-MS fez alterações nas normas de utilização”.

Atualmente existem duas formas de utilização do Clube

Mensalidade: Neste caso, a mensalidade do associado (a) deve ser no mínimo no valor de R$ 40,00. Assim, aqueles que pagam a mensalidade com  valores inferiores, devem procurar o sindicato que gerará uma guia para recolhimento do  restante do valor, no período de 12 meses.

Por exemplo, se a mensalidade for de 30 reais, faltarão 10 reais para o valor de R$ 40,00. Neste caso, o associado deve procurar o administrativo do  sindicato, que gerará boleto somando os 10 reais no período de 12 meses, totalizando 120 reais, valor que poderá ser parcelado. Ao solicitar a alteração, o trabalhador receberá nova carteira de associado, adicionando o termo CLUBE que terá um ano de validade, sendo liberada entrada por quantas vezes o associado e seus dependentes legais quiserem ir ao clube neste período.

Aqueles que já possuem contribuições mensais a partir de 40 reais, devem apenas solicitar a troca das novas carteiras com o termo CLUBE para utilização do espaço.

Taxa de 30 reais:Se o(a) associado contribui com valor menor que 40 reais e não tiver interesse em se adequar para obtenção da carteira do CLUBE, pode utilizar as dependências de lazer pagando taxa de 30 reais para ele(a), 30 reais para cada familiar e 30 reais por cada  convidado, todas as vezes que forem ao Clube.

Por exemplo, se uma professora não-filiada for ao clube com o seu filho e sua mãe, deverá pagar 90 reais em apenas uma única vez que for ao clube. Todas as vezes que retornarem deverão pagar 90 reais, se forem apenas dez vezes ao ano, totalizará um valor  de 900 reais.

Por que é mais vantajoso se adequar ao Cartão Clube?

É mais vantajoso porque o associado irá apenas somar ao que já é pago mensalmente e desta forma poderá ir quantas vezes quiser, junto aos  seus dependentes legais, ao Clube durante um ano (podendo renovar posteriormente),  sem precisar pagar nada na entrada - somente os convidados deverão pagar 30 reais por pessoa quando forem junto. Desta forma, economizará e desfrutará de momentos de lazer em família, refletindo em sua qualidade de vida e saúde mental.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Expediente: Feriado Tiradentes

Feriado Nacional de Tiradentes Story Instagram 1080px  1080px 2

A sede administrativa estará fechada nos dias 21 e 22 de abril devido ao feriado de Tiradentes.

O Clube de Campo estará aberto normalmente no sábado e domingo, 22 e 23 de abril.

Venha para o Clube!

Comunicados

NORMAS site

clube normas 2021  2

INFORME-SE

Acesse o site e leia síntese das normas clique aqui http://www.sintraems.org.br/index.php/clube

 


 

Por que ser associado ao SINTRAE-MS? Confira Benefícios.

Muito além da manutenção do Clube de Campo que oferece lazer aos trabalhadores das escolas e universidades particulares, o SINTRAE-MS é ferramenta substancial para a manutenção das conquistas e garantia de novos direitos aos profissionais.

Confira tabela com direitos adquiridos em Convenção Coletiva e benefícios assegurados por meio do engajamento dos diretores sindicais que transformaram o SINTRAE-MS em um sindicato forte e representativo.


A quem interessa o fim do sindicato?

Não tem jeito, por mais que a mídia tente colocar o trabalhador contra seu sindicato, que políticos realizem artimanhas para enfraquecer a sobrevivência sindical, menosprezando a importância da representação de classe, o trabalhador sabe que na hora da dificuldade só mesmo o sindicato para o defender.

Imagina como seria o cotidiano do trabalho sem o sindicato para defender salários dignos e negociar Acordos e Convenção Coletiva de Trabalho, para denunciar ambientes insalubres e até mesmo para combater os assédios morais. Sem contar, os atrasos salariais – quando isso ocorre o sindicato é o único a lutar ao lado da categoria. Além disso, quando o profissional é demitido, a entidade está preparada para conferir se os acertos estão corretos para impedir prejuízos. Acrescenta-se à luta unificada, nas qual as instituições sindicais somam forças com centrais e outros sindicatos do país na defesa trabalhista.

Outra importante função é a defesa dos direitos nos âmbitos judiciais, o SINTRAE-MS já garantiu incontáveis ações a favor dos associados, está em alerta para evitar prejuízos.

site

O sindicato é o canal de informação dos trabalhadores, uma comunicação direta sem as entrelinhas impostas pelas grandes mídias.

Imagine como seria árdua a vida dos trabalhadores sem os sindicatos e como essa realidade seria satisfatórias aos empresários, governos, enfim, mercado financeiro que poderiam explorar a mão de obra e lucrar cada vez mais, sugar toda a força de trabalho menosprezando o valor de cada trabalhador, com direitos e salários reduzidos.

Por isso, fique atento às informações veiculadas direcionadas à questão sindical. Não caia nas fake news e ciladas armadas para afastá-lo da sua própria categoria, porque o sindicato não é um prédio, não é um presidente ou um diretor, o sindicato é cada trabalhador(a)! Fortaleça a sua categoria.

 


HOMOLOGAÇÕES DE RESCISÕES

 

SINTRAE-MS garante: Homologação deve ser feita no sindicato

Associado(a), com o SINTRAE-MS você tem a garantia de realizar a homologação da rescisão de trabalho no sindicato. Esse é um benefício que foi retirado pela Reforma Trabalhista, mas, assegurado pelo sindicato em Convenção Coletiva de Trabalho. Então, não se esqueça: Se o empregador agendar homologação na própria instituição de ensino, você tem o direito de solicitar que seja realizada no seu sindicato.

Com o SINTRAE-MS, você nunca estará sozinho. O sindicato é o espaço dos trabalhadores do ensino privado e trabalha diariamente para assegurar os direitos e buscar benefícios para a categoria. Conta com assessoria jurídica, orientações trabalhistas, convênios além de Clube de Campo com área de lazer admirável. Então, conheça o seu sindicato, sindicalize-se, tire suas dúvidas. Fortaleça os profissionais do ensino privado do Mato Grosso do Sul.

 __________________________________________________________________________________________

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA HOMOLOGAÇÃO, CONFORME CONVENÇÃO COLETIVA EM VIGOR.

...CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA - DAS RESCISÕES DO CONTRATO DE TRABALHO.

O SINTRAE/MS homologará as rescisões contratuais, devidamente agendadas com no mínimo 24 horas de antecedência.

O agendamento deverá ser feito pelo telefone: 3356-3422 ou pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Confira lista completa da documentação necessária para as homologações

 


Comemore seus melhores momentos no Clube do Sintrae-MS

capa sintrae ms1

Em julho, Sintrae-MS inaugurou salão social para a realização de eventos, no Clube de Campo. Preço especial de inauguração para Associados no período vespertino. 

*Salão Refrigerado e fechado, com amplas portas e janelas (protegido das intempéries climáticas);

*Com 2 ambientes: - espaço para mesas/decoração e espaço com grama artificial para colocar brinquedos locados;

*Cozinha com fogão, churrasqueira e freezer;

*Banheiros;

*Piscinas;

*Estacionamento;

*Capacidade máxima 60 pessoas;

*Locação para Associados e Não Associados, período vespertino e noturno. Preço diferenciado para os filiados ao Sintrae-MS.

face sintrae 1

Ligue para mais informações: 3356-3422 ou envie e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


 

Sintrae-MS ajuiza ação para garantir a data-base

juridico sintrae 1

As negociações salariais 2022 já começaram e permeado por embate. Os representantes do sindicato patronal Sinepe (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de MS) negaram-se em assinar a garantia da Data-Base da categoria que é 1º de março. Para proteger o direito dos profissionais, o SINTRAE-MS(Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de MS)  recorreu à justiça do trabalho, ajuizou ação para garantir o direito do benefício.

O presidente do SINTRAE-MS, professor Ricardo Fróes, criticou a conduta patronal. “Uma atitude lamentável, tendo em vista que a data-base é de suma importância porque as cláusulas que forem negociadas na Convenção Coletiva de Trabalho 2022/2023 devem ser retroativas a 1° de março de 2022, ou seja, passa a valer a partir desta data, mesmo que as negociações terminem em outros meses”, destaca.

A Comissão Negociadora do SINTRAE-MS (composta pelo professor Ricardo Fróes, professor Eduardo Botelho, professor Pedro Domingues e professora Rita de Cássia) apontou que sem a data-base, as entidades patronais poderiam prorrogar as negociações ao máximo promovendo perdas sem a retroatividade. “É preciso que os trabalhadores sejam valorizados e tenham seus direitos respeitados”, destaca o profº Eduardo.

Negociações Salarias 2022

O SINTRAE-MS conclama a todos os trabalhadores para que participem, seja por Assembleias presenciais/ virtuais ou mesmo por sugestões e compartilhamento das notícias e postagens. É hora de mobilizar, precisamos

SINTRAE-MS garante atendimento psicológico com preço acessível à categoria

SINTRAE-MS garante atendimento psicológico com preço acessível à categoria

psicologas

Conhecendo a realidade da categoria da educação do setor privado, o SINTRAE-MS reconhece a necessidade dos cuidados com a saúde, tanto física quanto mental. Diante da sobrecarga de trabalho, ainda mais com a realização atividades extraescolares, aumentam os impactos na saúde mental dos educadores, gerando - em alguns casos - estresse, crises nervosas e até mesmo depressão. Leia mais...

Atendimento 16/02/2019

sintrae160219

Sintrae-MS em expediente neste sábado (16/02) para atualizar dados dos associados e novas filiações. Venha para o sindicato!

Neste sábado (16/02), a sede administrativa do Sintrae-MS atenderá os associados para renovação da carteirinha e também atenderá os trabalhadores que desejam se filiar.

O presidente do Sintrae-MS, professor Eduardo Botelho, destaca que o expediente diferenciado visa atender ao máximo a categoria. “Muitos profissionais do ensino privado não conseguem vir ao sindicato pois estão trabalhando no horário do nosso expediente, então, atenderemos neste sábado para proporcionar maior comodidade e também para incentivar que conheçam a sede e o Clube de Campo” destaca.

Quem deve atualizar o cadastro?

-Associados que tiverem com as carteiras vencidas;

-Associados que ainda estão com as carteiras válidas, contribuem mensalmente com 40 reais ou mais, estão dentro das regras para utilizar o clube, mas ainda não retiraram a nova carteira que autoriza a utilização do Clube; e

-Associados que ainda estão com as carteira válidas, mas que contribuem com menos de 40 reais e desejam utilizar o clube de Campo.

Carteira para utilização do Clube – Válida por um ano

-Se o associado já contribui mensalmente com o valor mínimo de 40 reais, só será necessário solicitar nova carteira para utilizar o clube;

-Se o associado contribui com valor menor que 40 reais, deverá realizar o cálculo para pagar o valor restante para chegar ao mínimo exigido para utilização do espaço. Por exemplo:

Se contribui com 30 reais, será calculado 10 reais mensais (para atingir ao valor mínimo), do período de 12 meses, o valor será 240 reais e pode ser pago por cartão.

Documentos necessários para atualização de cadastro:

- Último holerite (atualizado)

- RG CPF ou CNH

- Carteira de trabalho onde constam: série, foto, dados pessoais e TODOS os contratos de trabalho;

- Comprovante de residência;

- Foto 3x4 (impressa ou digitalizada)

- Termo de filiação preenchido todos os campos.

Dependentes:

Cônjuge

- Certidão de casamento

- RG CPF ou CNH

- Foto 3x4 (pode ser encaminhado via WhatsApp)

Filhos

- Certidão de nascimento

- Foto 3x4 (impressa ou digitalizada)

Novas Filiações

Para quem deseja se filiar, os documentos são os mesmo citados acima.  A contribuição - (desconto no holerite bruto mensal) para filiação é 1,5% do salário, sendo que o valor mínimo de mensalidade é 15 reais e o teto máximo de mensalidade é 60 reais.

Endereço do Sindicato:  Rodovia MS 080 km 10 s/n - CEP 79114-005

Em caso de dúvidas, ligar: 067 3356 3422 / WhatsApp 067 99251 0028

Associados do Sintrae-MS têm Desconto de 40% em Pós-Graduação

Associados do Sintrae-MS têm desconto de 40% em mensalidades no curso de Pós-Graduação: Docência e Gestão do Ensino Superior, promovido pela Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande/MS. O benefício também contempla os dependentes legais, basta apresentar a carteira de associado no ato da inscrição.

O desconto estará incluso nas mensalidades em todo o período do curso, que tem início previsto para o dia 28 de outubro. As inscrições estão abertas.
 

Saiba Mais:
De acordo com a Estácio de Sá, o aluno egresso poderá atuar na docência do Ensino Superior, com um olhar ampliado sobre a formação de profissionais, tendo conhecimento dos princípios que envolvem o processo ensino-aprendizagem no Ensino Superior e das competências e habilidades didático-pedagógicas necessárias à sua ação.

Segundo a faculdade, o objetivo é o aprimoramento profissional para o exercício do magistério superior e a especialização em Educação  Docência do Ensino Superior: fundamentos, metodologia e práticas educativas, de acordo com a resolução CNE/CES nº 1 de 8 de junho de 2007 para os cursistas aprovados em todas as disciplinas. Convênio com a Harvard Business Publishing.

Curso quinzenal  com carga horaria de 379h ,  aulas aos sábados.
 
Investimento de :
DE:R$ 514,29
Por:  R$ 308,57  com 40%
Primeira parcela com 60% desc R$ 205,72    
      
Mais informações:
Daniela Borges
Gestora Comercial Pós-graduação – Núcleo Pantanal-MS – Reg.Norte.
(67) 3348-8816 | (67) 9 8478-1365